Publicação / NOVEMBRO 2018

Governança Corporativa e Compliance: o sistema alemão e suas lições para o Brasil

Pode-se considerar que um dos grandes marcos do Século XXI no Direito Comercial é a ascensão do compliance. O termo surge do inglês, do verbo to comply, ou seja, “estar de acordo, em conformidade”, geralmente entendendo-se tal conformidade dentro da perspectiva de regras – jurídicas ou não. No Brasil, a questão entrou em voga após os grandes escândalos de corrupção, notadamente o Mensalão e a Lava-Jato, e acabou culminando em tímida produção legislativa sobre o tema; mas, ao mesmo tempo, transformando o assunto em grande destaque dentro da comunidade jurídico.  

Direito dos Negócios

Diante de demandas concretas e desafios complexos, o papel do advogado é entregar soluções aos seus clientes que, para além do conhecimento jurídico, estejam baseadas em visão estratégica, senso crítico e sofisticação intelectual. Nesse cenário, o perfil de atuação dos advogados do Escritório envolve a proximidade com os clientes, a simplicidade na comunicação, a identificação de elementos negociais e contextuais relevantes e a formulação de soluções a partir da análise multidisciplinar realizada pelas áreas de Estruturações e Investimentos, Relações Societárias, M&A, Contratos, Planejamento Patrimonial e Sucessório, Tributos e Relações de Trabalho. Nossos profissionais pensam como as pessoas que dirigem as organizações, sem deixar de lado os fundamentos técnicos jurídicos que devem pautar as decisões, em busca de soluções eficientes e uma comunicação descomplicada com os clientes.

Publicações recentes